Vacina gripe – 1.300 crianças ainda não receberam a dose Featured

Para chegar a meta de 90%, Telêmaco Borba precisa vacinar 2.854 pessoas, entre elas estão 1.300 crianças e 200 gestantes.

A Campanha Vacinação contra a Gripe segue até o dia 31 de maio, mas a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) alerta os pais para que levem as crianças até uma das 16 Unidades Básicas de Saúde (UBS) para receberem a vacina. Outro grupo que também merece cuidado é o das gestantes. Até o momento, das 896, 595 foram imunizadas e faltam 200 para a meta.

Segundo a enfermeira e chefe da Seção de Vigilância Sanitária, Kátia Cristiane de Almeida Alves, esses dois grupos dependem da responsabilidade dos pais. “As crianças precisam de seus pais ou responsáveis para irem até as unidades de saúde, não dependem apenas deles. As gestantes quando se imunizam agem diretamente na garantia de saúde de seus bebês. Desta forma ressaltamos a importância de cuidar de quem amamos. Quem ama cuida, quem cuida vacina”, reforçou.

Fazem parte dos grupos prioritários e devem receber a imunização gestantes, puérperas, idosos (60 anos ou mais), crianças de 6 meses a menores de 6 anos, professores do ensino básico e superior, trabalhadores de saúde, profissionais das forças de segurança e salvamento, doentes crônicos ou em condições especiais.

A vacina precisa de 2 a 3 semanas para uma resposta imunológica, desta forma é importante que os grupos prioritários procurem as UBSs o mais rápido possível para a imunização.

 

Influenza

A influenza é uma doença sazonal, mais comum no inverno, que causa epidemias anuais, sendo que há anos com maior ou menor intensidade de circulação desse tipo de vírus e, consequentemente, maior ou menor número de casos e mortes.

No Brasil, devido a diferenças climáticas e geográficas, podem ocorrer diferentes intensidades de sazonalidade da influenza e em diferentes períodos nas unidades federadas.

Rate this item
(1 Vote)

Deixe um comentário em nosso mural

Certifique-se de inserir todas as informações necessárias, indicadas por um asterisco (*). Código HTML não é permitido.